TSKF Kung Fu Símbolo e Objetivos

Segundo a Wikipédia, a enciclopédia livre, o termo “símbolo” tem origem no grego symbolon (σύμβολον), designa um tipo de signo em que o significante representa algo abstrato (religiões, nações, quantidades de tempo ou matéria, etc.) por força de convenção, semelhança ou contiguidade semântica (como no caso da cruz que representa o Cristianismo, porque ela é uma parte do todo, que é a imagem do Cristo morto). Charles Sanders Pierce desenvolveu uma classificação geral dos signos. Sendo um signo um “símbolo” que é algo que sempre vai representar outra coisa (para alguém).

O símbolo é um elemento essencial no processo de comunicação, encontrando-se difundido pelo cotidiano e pelas mais variadas vertentes do saber humano. Embora existam símbolos que são reconhecidos internacionalmente, outros só são compreendidos dentro de um determinado grupo ou contexto, seja religioso, cultural, etc. Os símbolos intensificam a relação com o transcendente.

A representação específica para cada símbolo pode surgir como resultado de um processo natural ou pode ser convencionada de modo que o receptor (uma pessoa ou grupo específico de pessoas) consiga fazer a interpretação do seu significado implícito e seja capaz de lhe atribuir determinada conotação. Essa representação pode também estar mais ou menos relacionada fisicamente com o objeto ou ideia que simboliza, podendo não só ser uma representação gráfica ou tridimensional, como também sonora ou mesmo gestual.

O pensador político e filósofo Confúcio (Chiu Kung era seu verdadeiro nome) viveu entre 552 e 479 a.C, e ficou conhecido como o Mestre Kung, devido aos seus sábios provérbios disse “Uma imagem vale mais do que mil palavras”. Isso significa o seguinte: Símbolos são imagens que trazem implicitamente um vasto conhecimento, informação ou representação. É por isso que quando olhamos um símbolo praticamente não precisamos buscar mais nenhuma informação. Para os cristãos, Jesus se tornou um símbolo, basta olharmos para sua imagem que já sabemos o que ele representa.

Nosso símbolo foi desenvolvido com o propósito de representar nosso objetivo “Equilíbrio em todos os sentidos”. Todos temos nossas próprias finalidades, por isso, desenvolvemos nosso Kung Fu como uma ferramenta de desenvolvimento humano, para que todos que treinam conosco possam alcançar suas próprias metas, dessa maneira, nosso Kung Fu será para você aquilo que você desejar que ele seja.

Nosso objetivo é cumprir o que representa nosso símbolo e fazer com que cada um de nossos alunos atinja seus próprios objetivos. Acreditamos que através do trabalho físico do kung fu atingiremos todas as demais áreas da vida, como, por exemplo, a parte mental, profissional, financeira, familiar, social, emocional e espiritual.

O trabalho físico do Kung Fu é espetacular e sem igual, através dele nossa saúde e força física melhoram muito, além disso, por causa dos movimentos cruzados, desenvolvemos e equilibramos os dois lados do cérebro, dessa maneira, pessoas muito racionais, desenvolvem sua parte emocional e pessoas muito emocionais ampliam sua parte racional se tornando mentalmente equilibradas. O que acontece é que com a parte física, mental e emocional em dia, o ânimo (alma, espírito) melhora, com isso, por consequência, todas as demais áreas, profissional, financeira, familiar e social melhoram.

Nossos livros, cursos, palestras e peças teatrais fazem parte do nosso Kung Fu, afinal de contas para nós da TSKF tudo é Kung Fu, por isso, como parte do nosso Kung Fu, já escrevemos vários livros, dentre eles, Kung Fu um caminho para a saúde física e mental, Wu De – A Ética Marcial do Kung Fu nos dias atuais, Di zi Gui – O Livro Negro das Artes Marciais, Decifrando o Mistério dos Sonhos, Decifrando os Temperamentos Humanos, Decifrando o Mistério da Motivação e o Código de Conduta para ser Bem-sucedido nos Negócios. Cursos de técnicas de outros estilos foram tantos que já perdemos as até contas, fora isso, também demos muitos cursos teóricos tais como: Breve Histórico das Artes Marciais Chinesas, Etiqueta do Kung Fu (Cultura e Costumes Tradicionais da Artes Marciais Chinesas), Dança do Leão (Cultura, Etiqueta e Costumes) e outros. Sem contar também muitas palestras como, por exemplo: Os 7 passos para a felicidade, As 7 capacidades mentais, Nutrição esportiva, Decifrando os temperamentos humanos, Decifrando o mistério dos sonhos, Decifrando a Kabbalah, A Importância da Perseverança, Dicas Para Facilitar Sua Vida e muitas outras. Peças teatrais foram duas até agora, Kung Fu Humor e Desenvolvimento Humano no Teatro Brigadeiro em São Paulo e Quatro Estradas para a Vitória no Teatro Maksoud Plaza, tudo isso para enriquecer o conhecimento e aprimorar o Kung Fu de nossos alunos.

É por essas e outras razões que o nosso Kung Fu é uma ferramenta de desenvolvimento humano, é por isso que nosso Kung Fu será para você o que você desejar que ele seja.

O vídeo abaixo mostra como nosso símbolo foi feito.

Grão-Mestre Gabriel Amorim

Mestre Gabriel
Mestre Gabriel

Praticante de Kung Fu desde 1980, fundou a TSKF Academia de Kung Fu em 1996, graduado Mestre pela Confederação Mundial de Kuoshu. É escritor, palestrante, ocultista e estudioso da entidade humana.

Comments (1)

  1. Avatar

    Conhecimento nos direciona a tomarmos as melhores atitudes em nossas vidas, e quando erramos, o Kung-fú com sua prática nos proporciona a termos disciplina, para resolvermos situações, encontrando assim resultados satisfatórios, nos motivando dia a dia. É Showww!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *